05

COMO DEFINIR E PREVER ESTOQUES?

Em administraçãoestoque refere-se às mercadorias, produtos (finais ou inacabados) ou outros elementos na posse de um agente econômico. É usado, sobretudo no domínio da logística e da contabilidade. A gestão de estoques é um conceito que está presente em todo o tipo de empresas, assim como na vida cotidiana das pessoas.  No meio empresarial, se por um lado o excesso de estoques representa custos operacionais e de oportunidade do capital empatado, por outro lado níveis baixos de estoque podem originar perdas de economias e custos elevados devido à falta de produtos.

Seguindo esse raciocínio podemos dizer que os principais inconvenientes na constituição de estoques estão na fragilidade de certos produtos, que não possuem condições de serem mantidos estocados ou têm que ser mantidos em períodos muito curtos, o custo de posse traduzido no fato de existir material não vendido que vai acabar por imobilizar capital sem acrescentar valor, além da ruptura que apresenta-se como um enorme inconveniente, visto que a ocorrência desta irá provocar vendas perdidas e em casos extremos poderá levar à perda de clientes.

Portanto para podermos definir e prever corretamente os estoques devemos considerar dois fatores muito relevantes, isto é, quanto menor o estoque menor a necessidade de capital imobilizado, além disso, nunca deve faltar produto para venda. Ou seja, se a sua empresa buscar o menor estoque, corre o risco de perder uma venda por falta de produto. E, produtos diferentes possuem giros diferentes e sazonalidades ocorrem em vários negócios.

Sendo assim, para tentarmos equilibrar esses dois aspectos, um dos caminhos é a utilização intensa da informação. A partir de históricos de vendas (giro das mercadorias), por produto, por época do ano, dentre outros, é possível se ter uma aproximação dos estoques mínimos necessários para atender as demandas. Outro fator importante é o prazo de entrega dos fornecedores, quanto menores eles forem menores também podem ser os estoques.

Por isso, mesmo ainda não existindo uma solução para grandes oscilações de demanda, como as causadas por ondas de calor ou frio inesperadas, por exemplo, podemos minimizar esse problema utilizando os estoques como reguladores entre os processos de entregas e utilizações, pois, essas operações se efetuam em cadências diferentes.

Paulo Rocha

Paulo Rocha

Gerente Comercial